Mais um ano se inicia e novas reflexões e análises vão se fazendo à medida que a vida se desenrola em nossas cidades.

Pinhais, cidade em franco desenvolvimento enfrentando seus desafios e desatinos do mundo atual, assume neste ano, na pessoa do prefeito a coordenação da Associação dos Municípios da Região Metropolitana – a ASSOMEC -e tem nesta gestão, juntamente com a Capital Curitiba e as demais Cidades, um papel singular de direcionar e incentivar debates em diferentes áreas , visando o aprimoramento da organização e desenvolvimento mais harmonioso e humano de toda esta grande, rica e bela porção do território paranaense.

A participação popular precisa ser efetivamente incentivada com espaços para debates sobre intenções e projetos a se desenvolverem nas cidades. Os prefeitos que representam as cidades da Região Metropolitana, precisam se perceber também como líderes que representam os desejos dos cidadãos que os elegeram.

Embora a ASSOMEC seja parte de um espaço político, ela não pode se restringir apenas aos anseios individuais e partidários, pois agindo assim a Região Metropolitana de Curitiba continuará sendo uma colcha de retalhos mal costurada nas questões que dizem respeito ao atendimento adequado das necessidades das populações e demandas das diferentes cidades.

Precisam ser pensados trabalhos conjuntos em diferentes áreas para que se diminuam os custos e as ações sejam integradas entre as cidades para melhorar o atendimento das pessoas e o meio ambiente seja também respeitado. Um exemplo é o consórcio da saúde e do lixo que já estão sendo encaminhados.

A ocupação urbana e industrial precisa ser analisada seriamente para que a mesma, sob pressão das grandes empresa

mapa-rmc

s, das grandes construtoras e especuladores imobiliários não resulte em destruição das reservas naturais e expulsão das pessoas que vivem e trabalham em suas terras.

O transporte público na RMC precisa ser discutido ,  pois o mesmo necessita ser ampliado e gerenciado de forma adequada , perm

itindo que mais pessoas usufruam do mesmo com qualidade e conforto em  suas atividades diárias.

As cidades são entes vivos que podem permanecer inertes, podem definhar ou podem progredir. Os prefeitos e vereadores são lideranças escolhidas pela população e tem o papel de decidir os rumos das cidades as quais representam, mas são as pessoas que moram nas comunidades que precisam ser ouvidas e respeitadas em seus anseios, direitos e sua dignidade.

Cabe também a cada pessoa, procurar conhecer cada vez mais o seu município e a região onde mora, pois só assim será possível contribuir com o desenvolvimento e o cuidado que cada lugar merece, fazendo de cada cidade um espaço de vida cada vez mais humano e feliz.

Professora no Colégio Estadual Walde Rosi Galvão, Pinhais – PR.

%d blogueiros gostam disto: