Na quarta-feira passada, 19/02, um ídolo de muitas torcidas do Brasil e do mundo completou uma marca histórica ao entrar em campo.

Alex, o camisa 10 coxa branca, pela milésima vez jogou, pela milésima vez desfilou sua arte para os telespectadores.

Foi a coroação de uma promessa há alguns anos atrás que se tornou o que muitos meninos sonham um dia ser. No seu jogo mil ainda fez questão de ganhar ‘’só’’ de 1×0 com gol de pênalti para que a honra da vitória fosse toda dele.

Alex, chamado garoto de ouro quando surgiu no Coritiba, saiu, conquistou o mundo, uma torcida extremamente apaixonada na Turquia, chegou a seleção, virou ídolo, já era craque e ganhou até estatua.

O verdadeiro exemplo de menino pobre que venceu na vida, digo isso pois conheço quem um dia jogou com ele na AABB na época de colégio.

Além de tudo que fez em campo, provou seu amor por quem o revelou. Com propostas maiores e mais vantajosas inclusive, preferiu vir ao clube que ama, defender a camisa da equipe que o formou, retribuir tudo que o Coritiba lhe proporcionou.

Hoje referência e ‘’milenar’’ Alex é o espelho pra vários que jogam ou que sonham jogar, não faz o tipo de jogador ‘’boca  aberta’’ que aceita tudo, impõe suas opiniões e orienta fora de campo assim como também vem fazendo por toda a sua carreira dentro dele.

Caráter, atitude e qualidade, características que deveriam ser mais vistas não so no futebol mas em todas as áreas da vida. Estas Alex tem, e de sobra, por isso é considerado uma das joias do futebol mundial. É como vinho, quanto mais ‘’velho’’ melhor!

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.