Banco Digital: Entenda a Corrida Por Trás das Fintechs

23 nov, 2021


Revolução.

Esta é possivelmente a melhor palavra para definir o que as fintechs têm sido nos últimos anos para as instituições financeiras.


Elas chegaram e mudaram a forma como os consumidores se relacionam e inauguraram o que ficou conhecido como banco digital.

Desburocratização, facilidade na contratação de serviços, abertura e encerramento de contas, transferência de dinheiro, pagamentos, empréstimos, entre outros.

Tudo se tornou mais fácil com as fintechs.

Essas mudanças passam, óbvio, pela evolução da tecnologia, mas também estão apoiadas no entendimento das novas necessidades dos consumidores.

Facilidade, melhora na experiência e imediatismo têm sido as palavras de ordem para essa nova era.

E para te explicar melhor o que são as fintechs e os benefícios que elas trazem, nós preparamos este artigo.

Boa leitura!

Veja também: Empresa de SC doa computadores para projetos sociais de Pinhais.  

O que são Fintechs?

O termo fintech é a abreviação de financial technology (tecnologia financeira, em bom português).

Ela é utilizada para definir as empresas que desenvolvem produtos voltados para o mercado financeiro e que são totalmente digitais.

Nas fintechs, a tecnologia é o carro-chefe e principal ponto que as diferencia das instituições mais tradicionais do setor.

Nelas, os clientes podem movimentar completamente os produtos através de seus celulares e computadores.

Sem filas, de qualquer lugar do planeta. Basta se conectar ao aplicativo e pronto, seu dinheiro, cartão de crédito, poupança e muito mais estão ao alcance das mãos.

Logo, tomar conhecimento sobre o que são as fintechs é um passo fundamental para encontrar as alternativas que facilitem a sua vida financeira.

Quais são os benefícios das Fintechs?

De modo geral, as fintechs são conhecidas por garantirem benefícios inéditos ao consumidor, sendo muito mais intuitivas e menos burocráticas.

Além disso, costuma oferecer cartões de crédito sem anuidades e contas digitais grátis.

Isso é possível graças à própria natureza do investimento: menos custos, mais possibilidades  de fornecer produtos financeiros que são verdadeiras inovações.

Quais são as inovações dos serviços financeiros e do setor bancário?

A possibilidade de consultoria em investimentos, além do uso de IA (Inteligência Artificial) para prestar suporte aos clientes são importantes inovações dentro do setor. 

Além das fintechs, as instituições financeiras tradicionais também têm investido no processo de digitalização e em estratégias optichannel. 

Isso significa fazer a otimização dos canais de comunicação para atender de forma exclusiva as necessidades de cada cliente, entregando um atendimento personalizado.

Principais tendências das instituições financeiras

“Ser do futuro” já faz parte da rotina dos bancos digitais.

Muitas tendências apontam para um investimento cada vez maior em tecnologias que melhorem a experiência do usuário. 

E tudo isso auxilia no mercado e na economia. 

Dessa forma, pode impulsionar a retomada econômica brasileira.

Confira algumas delas! 

#1 API

A Interface de Programação de Aplicação (API) consiste em uma série de protocolos e ferramentas de programação  entre os sistemas operacionais.

Em outras, é a forma como eles interagem e se integram.

Isso garante mais eficiência na administração de dados, reduzindo custos para os bancos digitais e melhorando a experiência do usuário.

#2 Internet das coisas

Você já ouviu o termo Internet das Coisas?

Ele se refere a uma revolução tecnológica em que o objetivo é conectar os itens de uso cotidiano à rede de internet mundial, seja por meio de sensores como bluetooth, GPS, dentre outros.

Entre esses itens estão os serviços bancários e os bancos digitais propriamente ditos.

Hoje, seu celular pode ser sua carteira graças aos sistemas de integração que permitem a leitura de QR codes, dentre outras possibilidades para transações financeiras.

#3 Atendimento digital e personalizado

Um atendimento digital personalizado e em tempo real necessita de plataformas inteligentes que se baseiam em dados e analisem o histórico de interação do cliente em todos os canais.

Conclusão

Os bancos digitais chegaram a relativamente pouco tempo e já conquistaram milhões de clientes por oferecerem vantagens muito grandes.

Fazendo com que as instituições tradicionais também investissem na modernização de seus serviços.

O grande beneficiado nessa corrida é o consumidor que passa a contar com mais possibilidades e mais comodidade em suas transações financeiras.
Gostou desse conteúdo? Veja mais em nossa editoria Brasil.

Paula Moraes

Redatora freelancer, estudante de marketing digital, amante da comunicação, focada na produção de conteúdos relevantes!

0 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.




Pin It on Pinterest

Share This
%d blogueiros gostam disto: