Campanhas Nacionais de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação são prorrogadas até o dia 30

12 set, 2022

A ação é voltada para crianças a partir de um até menores de 15 anos de idade

O Ministério da Saúde (MS) realiza mais uma edição da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e da Campanha Nacional de Multivacinação. Inicialmente a campanha seria do dia 8 de agosto até 9 de setembro, porém houve uma prorrogação até o dia 30. 

A vacina contra poliomielite é destinada a crianças de um a menores de cinco anos. A multivacinação tem como finalidade atualizar as vacinas em atraso para o público menor de 15 anos. 

Em Pinhais, o atendimento está sendo feito em todas as Unidades de Saúde de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30 e até às 18h30 nas UFs de horário estendido (USFs Ana Nery, Weissópolis, Vargem Grande e Maria Antonieta. 

Poliomielite 

Atualmente, no cenário global da poliomielite, existem dois países endêmicos, Paquistão e Afeganistão. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), atualizados até 5 de julho de 2022, mostram que entre 1º de janeiro a 12 de julho de 2022, foram confirmados 15 casos de poliomielite, sendo 4 no Afeganistão e 11 no Paquistão. 

Recentemente, em novembro de 2021, um caso de poliovírus selvagem tipo 1 foi relatado em Malawi e em 2022 um caso em Moçambique. A atual situação do Malawi e Moçambique, países considerados livres da circulação de poliovírus selvagem, demonstra que todos os países permanecem em risco de pólio até que a doença seja completamente erradicada do mundo. Por isso, a Secretaria de Saúde de Pinhais reforça a importância desta campanha.

O Brasil não detecta casos desde 1990. No entanto, desde 2015 tem sido observada uma progressiva queda das coberturas vacinais para poliomielite, menores que 95%.

0 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

<a href="https://maispinhais.com.br/author/maispinhais/" target="_self">maispinhais</a>

maispinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.