Segundo Alexandre Slivnik, especialista em gestão de pessoas, a história da Apple, que quase chegou a falência e hoje é a marca mais valiosa do mundo, pode ser um exemplo a ser seguidoSaiba Mais sobre ERP

A sociedade atual vive uma era altamente conectada com grandes e diversas demandas para as áreas de tecnologia e informação. Analisando o mercado, é possível identificar infinitas possibilidades e produtos, mas como saber se a marca tem potencial para entregar, de fato, o que oferta para o seu público? A empresa mais valiosa do mundo hoje, a Apple carrega uma história que demonstra como isso é possível por meio de estratégias e esforços contínuos para permanecer e crescer no mercado.

Hoje valendo mais de U$1 trilhão, a marca já quase chegou a falência na década de 90. Foi preciso planejamento e inovação para que seus produtos voltassem ao topo das vendas. A sacada de Steve Jobs, ao retornar, foi trabalhar para criar produtos que fossem além da expectativa, o que resultou na fidelização de seus clientes.

De acordo com o especialista em gestão de pessoas e equipes, com especialização em Harvard, e diretor da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), Alexandre Slivnik, ao invés de pensar no preço, a Apple entrega valor agregado em seus produtos. “Por esse motivo, suas peças são esperadas por centenas de pessoas que permanecem em filas por horas quando algo é lançado porque elas sabem que terão um produto que irá proporcionar uma experiencia única de consumo”, destaca.

Segundo Slivnik, a marca não foca apena nos produtos finais, mas também no tratamento com seus clientes. “Certa vez, estava em uma das unidades da Apple e em um determinado momento, chegou um cadeirante que foi atendido por um dos vendedores que de imediato sentou-se em uma cadeira para ficar na mesma altura do cliente. Quando vi essa cena, entendi o motivo de tanto admiração e identificação, afinal, a equipe foi treinada para pensar principalmente em quem está consumindo o que ela produz”, ressalta.

O lançamento do Iphone transformou o mercado de telefone móveis e a forma com que as pessoas se relacionam com a tecnologia. Dona de uma das maiores reviravoltas já vistas, a Apple se consolidou como uma forte empresa com produtos de qualidade procurados e consumidos mundialmente.

Slivnik finaliza dizendo que a marca trouxe grandes lições para todos, independentemente de qualquer coisa. “Por mais complicado e competitivo que o mercado seja, em qualquer segmento, não permita que o cliente dê o preço do produto ou serviço. Quem faz isso é a sua empresa, mas vale lembrar que é preciso que essa embalagem seja vendável. Esteja preparado e se posicione. O pulo do gato é aliar expectativa e demanda”, conclui.

Alexandre Slivnik é reconhecido oficialmente pelo governo norte americano como um profissional com habilidades extraordinárias (EB1). É autor de diversos livros, entre eles do best-seller O Poder da Atitude. É diretor executivo do IBEX – Institute for Business Excellence, sediado em Orlando / FL (EUA). É Vice-Presidente da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) e diretor geral do Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento (CBTD). É membro da Society for Human Resource Management (SHRM) e da Association for Talent Development (ATD). Palestrante e profissional com 19 anos de experiência na área de RH e Treinamento. É atualmente um dos maiores especialistas em excelência em serviços no Brasil. Palestrante Internacional com experiência nos EUA, ÁFRICA e JAPÃO, tendo feito especialização na Universidade de HARVARD (Graduate School of Education – Boston/ EUA). www.slivnik.com.br

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.

%d blogueiros gostam disto: