Curso de Segurança no Trabalho em Altura tem inscrições prorrogadas

12 set, 2022

Trabalhadores da área da construção civil poderão participar da capacitação em duas turmas nos dias 19 e 21 de setembro; saiba como se inscrever

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Gerência de Vigilância Sanitária e Saúde do Trabalhador (GEVSST), prorrogou até o dia 14 de setembro o prazo de inscrições para o curso de NR 35 (Segurança no Trabalho em Altura). Destinado a 31 trabalhadores da área da construção civil, o curso tem carga horária de oito horas e será ofertado em duas turmas, nos dias 19 e 21 de setembro, de forma gratuita.

Os interessados podem entrar em contato pelo WhatsApp (41) 99217-8236, emails vagner.langoski@pinhais.pr.gov.br ou ana.padilha@pinhais.pr.gov.br ou presencialmente na sede da GEVSST, que fica na Rua Guilherme Weiss, 320, no bairro Estância Pinhais. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h.  Limitadas, as 31 vagas serão preenchidas por ordem de inscrição (desde que atenda os requisitos), sendo feita uma lista de espera para ser utilizada em caso de desistências.

São requisitos para participação: residir em Pinhais; e que trabalhe no setor de construção civil, sendo autônomo ou MEI (Microempreendedor Individual). O profissional autônomo deve apresentar cópia da Carteira de Trabalho e comprovante de residência, e o MEI deverá apresentar o CCMEI – Certificado da Condição do Microempreendedor Individual.

O objetivo é capacitar os profissionais para identificar situações que possam ocasionar acidentes de trabalho, conhecer as medidas preventivas, uso de EPIs de trabalho em altura, dentre outros. A formação é dividida em quatro horas de aula teórica e quatro horas de prática.

0 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

<a href="https://maispinhais.com.br/author/maispinhais/" target="_self">maispinhais</a>

maispinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.