Pinhais será palco de espetáculos do Festival de Curitiba

10 mar, 2023
Pinhais será palco de espetáculos do Festival de Curitiba

Teatro do CEU do Weissópolis receberá três espetáculos da mostra Fringe 2023 entre os dias 29 de março a 9 de abril

Pinhais receberá três espetáculos do Festival de Teatro de Curitiba, por meio da mostra Fringe 2023. “A Mulher Que Fugiu do Seu Texto”, “Ímpeto” e “Tempo”, da Companhia Penumbra_lab, serão apresentados no teatro do CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) no bairro Weissópolis, de 29 de março a 9 de abril, sempre às 20h e com entrada gratuita ou contribuição voluntária. A realização dos eventos tem o apoio da Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.
 

Do gênero experimental, “Tempo” é um solo atuado por Isabela Maian, com exibições nos dias 4, 5 e 6 de abril para o público indicado maior de 12 anos. “As outras duas peças também trazem a temática feminina como ponto principal, mas esse universo é tão grande que as três peças conseguem trazer questões únicas e, ainda assim, convergir para um mesmo lugar que é o resgate de si mesma”, explica a atriz Lídia Oliveira dos Santos, pinhaense e moradora do bairro Maria Antonieta, que integra o elenco de “A Mulher Que Fugiu do Seu Texto” e “Ímpeto”.
 

Lídia também é co-autora da peça “A Mulher Que Fugiu do Seu Texto”, junto com a escritora e outra moradora de Pinhais, Rafaela Amiz. “Essa peça traz em cena uma mulher que foi muito marcada pelos textos que escreveram pra ela, hoje quer reescrever a sua própria história e deixar essa Mulher sair, como canta Elza Soares”, comenta. O drama é indicado para maiores de 14 anos e estará em cartaz nos dias 29, 30 e 31 de março.
 

Em “Ímpeto”, ela divide o palco com a atriz de “Tempo”, Isabela Maian. Baseada em fatos reais de violência doméstica, “Ímpeto’ traz a realidade que acontece dentro de muitas casas e às vezes da casa ao lado, nos convidando a um impulso, ao Ímpeto. Duas mulheres juntam suas forças em um ato de coragem, buscando a liberdade de ser quem se é”, resume Lídia. O drama é apresentado nos dias 1º, 2 e 3 de abril, com classificação indicativa para maiores de 16 anos.

Criada em uma família de artistas “não profissionais”, Lídia cresceu “achando que ser atriz era uma coisa que teria que ser paralela à vida ‘de verdade’, só um hobby”. Depois de cursar gastronomia e matemática, quis ser até policial, mas desistiu de tudo quando, em 2009, passou em Artes Cênicas na Faculdade de Artes do Paraná. “Desde o primeiro dia de aula tive a certeza que aquele era o meu lugar, e sigo nele até hoje sem nenhuma dúvida”, define.

Lídia se apresentou na última edição do Festival de Pinhais, pelo Centro Cultural, onde também foi aluna. “Eu não posso deixar de falar sobre a importância de ter um Centro Cultural tão engajado como o de Pinhais. Comecei fazendo parte do curso de teatro ofertado em 2022 e conversando com o meu queridíssimo e talentoso professor e diretor Walger, falei sobre essa chama que ardia em mim em fazer algo para Mulheres e, depois de um processo de meses, levamos até à diretora de Cultura, Haline Siroti, e ela abraçou lindamente esse projeto e hoje chegamos até o Festival de Curitiba! Então só tenho a agradecer por esses encontros e oportunidades”, relata.

Inspirada em Fernanda Montenegro, a atriz pinhaense diz que sempre acreditou “que todas as mulheres têm dentro de si uma chama e o poder pra incendiar o mundo se quiserem. As peças da Penumbra são um convite para acender, reacender ou fazer crescer essa chama”, conclama.

Sobre a Companhia

O PENUMBRA_lab é um grupo experimental que estuda as formas de se dialogar com o teatro. Criado em 16 de junho de 2016 por Angélica Santos e Joel Leitte enquanto cursavam teatro na PUC-PR, tendo como objetivo inicial “visibilizar todos que ficam à penumbra da sociedade, espelhando toda a miséria e descaso do mundo”. Independente, o grupo articula atualmente diversos temas e linguagens artísticas. Participou da 26ª e 27ª edição do Fringe (Festival de Curitiba) com os espetáculos “O Poste” e “Ímpeto”, no 12º e 13º Festival de Teatro de Pinhais com os espetáculos CR1S e “Ímpeto” e com as oficinas “O corpo em Cena” e “Corpo- Memória-Ação”.
 

Serviço

Espetáculos Fringe 2023 em Pinhais — Festival de Teatro de Curitiba

29 de março a 9 de abril

Sempre às 20h
 

CEU – Centro de Artes e Esportes Unificados
 

R. Rio Trombetas, 828 – Weissópolis
 

Entrada gratuita ou contribuição voluntária

Mais informações pelo telefone: (41) 98781-4060 e Instagram: @PENUMBRA_lab

0 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

<a href="https://maispinhais.com.br/author/maispinhais/" target="_self">maispinhais</a>

maispinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.