Prefeitura de Pinhais reforça orientações sobre o Censo 2022

6 set, 2022

Mais da metade dos domicílios da cidade já foram visitados; confira formas de colaborar com a pesquisa em seu condomínio

Está sendo realizado em todo o país o Censo 2022, a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios e em seus recortes territoriais internos, tendo como unidade de coleta a pessoa residente, na data de referência, em domicílio do Território Nacional. Em Pinhais, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) estima em 50 mil unidades a serem visitadas, restando pouco menos da metade desse total para a realização da pesquisa.

Embora esse importante trabalho já tenha avançado para mais de 50% dos domicílios em Pinhais, a Prefeitura reforça junto à população para que receba o recenseador, em sua casa, apartamento, condomínio, para facilitar o processo. Na última sexta-feira (2), a prefeita Rosa Maria, encontrou-se com recenseadores do IBGE em um dos condomínios de apartamentos do município, no Vargem Grande, para endossar a campanha. 

Na ocasião, também estava presente a síndica Patrícia Távora de Souza, que comentou sobre como foi feita a pesquisa em um dos condomínios que administra. “A recenseadora solicitou meu número de síndica, eu entrei em contato com os moradores pelo grupo do WhatsApp, passei o número da matrícula dela, pesquisamos no site do IBGE, estava de acordo, foi agendado um dia e horário para o comparecimento no condomínio e uma das moradoras acompanhou o trabalho em todos os apartamentos e todos colaboraram. Havia três apartamentos vazios, foi entrado em contato com esses moradores e eles já agendaram também a visita”, contou.

O coordenador regional do IBGE, Rogério Gonçalves Alves, explica sobre a importância do Censo. “Esse trabalho é valioso, e nós estamos 12 anos defasados, desde 2010 não temos Censo, é com ele que a gente vai ter ferramenta, insumo, para poder mudar a realidade hoje, com dados fidedignos, com conhecimento profundo da realidade municipal, população por cor, raça, sexo, por escolaridade, por renda, setor da economia que está trabalhando, número de déficit habitacional, evasão escolar, também vamos calcular o IDH, enfim, o Censo tem uma grande repercussão para essa década que a gente está vivendo”, destaca.

Na oportunidade, a prefeita Rosa Maria gravou um vídeo junto aos recenseadores, em apelo à população para que a cidade continue colaborando para a pesquisa. “Quero pedir aos síndicos, zeladores, que permitam que o recenseador chegue para poder ter as informações. Esses dados são fundamentais para nossa cidade. Nós vamos melhorar a área da Educação, da Cultura, da infraestrutura, de habitação, em todas as políticas, a partir dos dados do Censo. Não demora mais do que cinco minutos, e podem confiar, são pessoas credenciadas, que passaram por treinamento, que estão capacitadas para esse trabalho com vocês”, enfatiza.

Respondendo o IBGE

Para verificar a identidade do entrevistador do IBGE, o cidadão pode acessar o site Respondendo o IBGE e colocar o número de matrícula, RG ou CPF do recenseador, que ficam no crachá exposto no colete do profissional. Para verificar se um determinado número de telefone pertence ao IBGE, entre em contato com 0800 721 8181.

Através da Lei nº 5.534 de 14 de novembro de 1968, o cidadão tem garantido seu direito de sigilo estatístico e seu dever de prestar informações estatísticas ao IBGE.

0 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

<a href="https://maispinhais.com.br/author/maispinhais/" target="_self">maispinhais</a>

maispinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.