O evento foi realizado no auditório Marcio José Moro, no Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann Premiação Festival de Teatro

A Prefeitura de Pinhais, por meio do Departamento de Cultura da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, promoveu a cerimônia de premiação da 13ª edição do Festival de Teatro de Pinhais. O evento foi realizado no auditório Marcio José Moro, no Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann.

De acordo com a vice-prefeita de Pinhais, Rosa Maria, é gratificante acompanhar o desenvolvimento da cultura em Pinhais. “Ressalto que a administração municipal prioriza o bom atendimento a população e isso inclui o acesso à cultura por meio desta e das demais atividades promovidas nesta área. Parabenizo a todos os envolvidos neste festival que a cada ano nos surpreende pela qualidade dos espetáculos apresentados”, comenta.

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Bruno Sitima, enalteceu o empenho dos envolvidos nesta iniciativa. “Temos a consciência do quanto as artes devem ser valorizadas e com o teatro isso não é diferente. Agradeço muito aos patrocinadores que nos auxiliam a tornar este evento ainda melhor e a nossa equipe que não mede esforços para que o festival seja um sucesso”, afirma.

O diretor de Cultura, Marcos Oliver, afirmou que a participação do público do evento é fundamental. “Sempre precisamos do apoio de todos e agradeço por isso, afinal a cultura é algo que realmente transforma a realidade das pessoas. Aproveito também para destacar o trabalho da equipe da SEMEL que tanto se empenha.”, ressalta.

Neste ano, foram apresentados 42 espetáculos, como dramas, comédias, contos infantis, musicais, entre outros gêneros. Estiveram envolvidos nas montagens mais de 450 artistas. Do total de 69 espetáculos inscritos foram selecionados 39 para concorrência entre as categorias Amador, Profissional, Grupos Universitários e Estudantil. O festival contou com a participação de 38 grupos das cidades de Pinhais, Almirante Tamandaré, Antonina, Araucária, Colombo, Cruzeiro do Oeste, Curitiba, Ibiporã, Mandirituba, Piraquara, Ponta Grossa, São José dos Pinhais e São Luís, no Maranhão.

Patrocinaram o festival as seguintes empresas: Associação Comercial Industrial e Empresarial de Pinhais (ACIPI), Escola Iepi – Escola Pinhais, Natal Papelaria e Presentes, Escola Supera Ginástica para o Cérebro, além do apoio do Instituto Mix.

Confira a lista de premiados:

Melhor Caracterização – Estudantil: “O Auto da Compadecida” (Grupo de Teatro do Colégio Marista Santa Maria)
Melhor Caracterização – Amador: “Aquarela” (Companhia de Teatro Eskéte)
Melhor Técnica – Estudantil: “Dramas de Uma Adolescência” (Cia Teatral Espetáculo – Colégio Bagozzi)
Melhor Técnica – Amador: “Medo do Azul” (Cia de Teatro Célula)
Melhor Intérprete – Mirim: Beatrice Montanari Lapido, por “Vendedora”, em “O Sofá”
Melhor Intérprete – Estudantil: Ricardo Azuma, por “Severino”, em “O Auto da Compadecida”
Melhor Intérprete – Amador: Lucas de Paula, por “Pedro Lobo”, em “Árvores de Pérolas”
Melhor Direção – Estudantil: “Dramas de Uma Adolescência” (Cia Teatral Espetáculo – Colégio Bagozzi – Direção: Gabriel Martins)
Melhor Direção – Amador: “Medo do Azul” (Cia de Teatro Célula – Direção: Leander Lincoln)
Melhor Dramaturgia (texto original) – Estudantil: “O Morro do Pão de Ló Perneta – Lendas Daqui” (Rave Theatre – IFPR Pinhais – Autor: Jeff Araújo)
Melhor Dramaturgia (texto original) – Amador: “Árvores de Pérolas” (Cia de Teatro Alldeias – Autor: Ted Novaes)
Melhor Dramaturgia (texto original) – Profissional: “Romeu e Julieta para Crianças” (Tontotom Artes – Autor: Edgard Assumpção)
Melhor Espetáculo – Grupos Universitários: “Baixo Augusta” (Cia Cai Chuva – PUC/PR)
Melhor Espetáculo – Estudantil: “Dramas de uma Adolescência” (Cia Teatral Espetáculo – Colégio Bagozzi)
Melhor Espetáculo – Amador: “Árvores de Pérolas” (Cia de Teatro Alldeias)
Melhor Espetáculo Profissional – “Amores de Machado de Assis” (Letras Cênicas).

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.

%d blogueiros gostam disto: