Prefeitura segue fiscalizando comércio que não atende Decreto de fechamento

6 abr, 2020

Nos último dias mais de 80 comércios foram orientados e 15 foram notificados em não cumprir a determinação de fechamento

Desde que foi publicado o primeiro Decreto que determina o fechamento de algumas atividades comerciais, a Prefeitura de Pinhais orienta e fiscaliza os locais que descumprem a determinação. Na última sexta-feira (3), foi publicado o Decreto o qual suspende o funcionamento das atividades não essenciais e prorroga o prazo de fechamento até sábado, 11 de abril. Nesta semana, a equipe da Guarda Municipal e da Defesa Civil continuam o trabalho de fiscalização e notificação do comércio aberto irregularmente.

Comprovado cientificamente que a melhor maneira de não proliferar a Covid-19 é o isolamento social, a Prefeitura segue as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e do Governo do Estado em manter o fechamento de alguns comércio com o objetivo de diminuir o número de pessoas circulando pelas ruas e, consequentemente, amenizar o número de infectados, contribuindo na não superlotação no sistema de saúde.

A prefeita de Pinhais, Marli Paulino, reitera que o atual momento é de cuidados extremos para que a pandemia não afete ainda mais pessoas. “Novamente esclareço que nossas ações estão embasadas em informações científicas e pelo grupo técnico do município que acompanha de perto todas as ações em relação à pandemia do novo Coronavírus. Nossa preocupação no momento é em salvar vidas. Pedimos o apoio dos empresários e da compreensão da população que o isolamento é uma necessidade neste momento”.

Na última sexta-feira (3) a Prefeitura realizou a orientação em 39 comércios, e sete locais foram lavradas a interdição. No sábado (4), 42 comércios foram orientados e oito termos de interdição foram lavrados. 

A denúncia do comércio que está abrindo ilegalmente pode ser feita por meio dos whatsapp: (41) 98700-1592 ou (41) 98821-5124.

Atividades que permanecem suspensas
Comércios como shoppings centers, galerias, conjuntos comerciais, lojas do comércio em geral e serviços, casas noturnas, restaurantes, bares, pubs, lanchonetes, tabacarias, lounges, boates, clubes, associações recreativas, academias de ginástica, natação, salões de festas, playgrounds, salões de beleza, clínicas estéticas, autoescolas, escolas de música, escola de línguas e demais atividades e serviços que possam reunir e aglomerar grupos de pessoas.

Atividades autorizadas o funcionamento
Varejista e atacadista, como no caso de restaurantes e lanchonetes, desde que trabalhem exclusivamente com entrega delivery. Também ficam mantidas as atividades essenciais, desde que tomadas todas as medidas de prevenção, bem como higienização dos espaços, manter distância segura e evitar ao máximo a aglomeração de pesso

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Pinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.
Suplementos em Pinhais
Suplementos em Pinhais

Pin It on Pinterest

Compartilhe

Compartilhe esse post com os amigos