Registro de doses aplicadas da vacina contra a Covid-19 chega a 97% em Pinhais

10 mar, 2021

O controle é realizado por todas as equipes envolvidas na Campanha de Vacinação contra a doença no município

vacinas pinhais
Registro de doses aplicadas da vacina contra a Covid-19 chega a 97% em Pinhais 2

Sem dúvida, uma importante arma contra a Covid-19 é a informação. Além do árduo trabalho realizado pelos profissionais que atuam na linha de frente, a transparência na divulgação dos dados relacionados à pandemia torna-se uma grande aliada. Nesse sentido, o município de Pinhais se destaca na Região Metropolitana de Curitiba por chegar à marca de 97% no registro de doses aplicadas da vacina.

Este controle é realizado por meio do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (Novo SI-PNI – online) disponibilizado para a campanha de vacinação contra a Covid-19. “A modalidade de registro individualizado garante o reconhecimento da pessoa vacinada pelo número do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde (CNS), a fim de possibilitar o acompanhamento de quem já foi vacinado, evitar duplicidade de vacinação, identificar e monitorar a investigação de possíveis eventos adversos”, explica Dielli Bondan dos Reis, da gerência de Infectologia e Vigilância Epidemiológica.

Em Pinhais, o registro de doses aplicadas é realizado por todas as equipes envolvidas na Campanha de Vacinação contra a doença. “Todas as unidades estão equipadas com computadores e acesso à internet, o que facilita manter os dados atualizados nos sistemas do Ministério da Saúde. Além disso, o ministério disponibilizou o aplicativo Conecte SUS no qual cada dose aplicada e registrada no sistema de informação, constará na carteira digital de vacinação do usuário, identificado por meio do CPF ou do CNS”, salienta.

Também são registrados o tipo de vacina, seu lote de fabricação e a data em que foi tomada a dose. “Com esta ferramenta, em virtude do uso de mais de uma vacina na imunização da população brasileira, é possível o monitoramento da sua situação vacinal pelo indivíduo, contando, inclusive com lembretes do prazo para realização da segunda dose, e a equipe envolvida na vacinação pode visualizar os dados referentes às doses da vacina”, completa Dielli.

0 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

<a href="https://maispinhais.com.br/author/maispinhais/" target="_self">maispinhais</a>

maispinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.