Em uma corrida super disputada André Bragantini venceu  o circuito de Curitiba, foi a sua quarta vitória na  temporada da Copa Petrobras de Marcas, pilotanco o seu Honda Civic.  Ricardo Zonta fico em segundo lugando, garantindo o vice campeonato da categoria. Zonta precisava vencer e torcer para Ricardo Maurício e Denis Navarro não pontuarem, para ficar com o título. Não aconteceu. pois além de ele não ganhar, Ricardo Mauricio ficou em 11º lugar, fez 10 pontos e se sagrou campeão da segunda temporada da Copa Petrobras de Marcas. Denis Navarro teve problemas no câmbio e abandonou.

“Em corrida tudo pode acontecer, como comigo, que logo na largada meu motor começou a falhar e perdi potência. Sei que não venci durante o ano todo, mas me mantive entre os primeiros e tive três abandonos, além do problema desta etapa, quando me arrastei na pista. A Full Time fez um excelente trabalho, o Maurício Ferreira (chefe da equipe) acreditou em mim e me ajudou a levar o Honda Civic ao título e conquistar meu terceiro título brasileiro”, disse Ricardinho numa referência à Fórmula Ford, em 1995, e à Copa Caixa Stock Car em 2008.

No entanto, as emoções não param na carreira desse piloto vitorioso, pois Ricardo Maurício está entre os que têm chance de conquistar o título da Copa Caixa Stock Car e obter sua segunda vitória na Corrida do Milhão Goodyear, já no próximo final de semana em Interlagos.

A novidade na última etapa da Copa Petrobras de Marcas foi o retorno de Marcos Gomes, que terminou em terceiro lugar.

Resultado da 16ª e última etapa da temporada da Copa Petrobras de Marcas

1) André Bragantini (Honda Civic), 31min44s116, média de 146,70 km/h
2) Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), 1s738
3) Marcos Gomes (Chevrolet Cruze), a 9s834
4) Felipe Gama (Honda Civic), a 10s085
5) Vitor Meira (Ford Focus), a 10s593
6) Vicente Orige (Chevrolet Cruze), a 11s344
7) Diego Nunes (Toyota Corolla XRS), a 11s794
8) Fábio Fogaça (Mitsubishi Lancer GT), a 11s827
9) Felipe Maluhy (Mitsubishi Lancer GT), a 32s900
10) Carlos Padovan (Mitsubishi Lancer GT), a 47s460
11) Ricardo Maurício (Honda Civic), a 59s661
12) Serafin Jr. (Ford Focus), a 1min04s395
13) Marcelo Lins (Ford Focus), a 1 volta
14) Pedro Nunes (Honda Civic), a 17 voltas
15) Fábio Carbone (Mitsubishi Lancer GT), a 18 voltas
16) Denis Navarro (Toyota Corolla), a 21 voltas
17) Claudio Capparelli (Chevrolet Cruze), a 21 voltas
18) Thiago Marques (Toyota Corolla XRS), a 21 voltas
19) Galid/Lapenna (Chevrolet Cruze), a 21 voltas

Os dez primeiros no campeonato de pilotos
1) Ricardo Maurício (Honda Civic), 232 pontos
2) Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), 213
3) Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), 201
4) Diego Nunes (Toyota Corolla XRS), 192
5) André Bragantini (Honda Civic), 191
6) Felipe Maluhy (Mitsubishi Lancer GT), 154
7) Thiago Marques (Toyota Corolla XRS), 145
8) Fábio Fogaça (Mitsubishi Lancer GT), 144
9) Vitor Meira (Ford Focus), 128
10) Juliano Moro (Honda Civic), 116

Campeonato de Marcas
1) Toyota, 559
2) Honda, 541
3) Mitsubishi, 338
4) Chevrolet, 286
5) Ford, 238

Campeonato de equipes
1) Full Time (Honda), 422
2) Bassani Racing (Toyota), 383
3) RZ Competições (Toyota), 358
4) Officer ProGP (Mitsubishi), 291
5) JLM Racing (Honda), 273
6) Carlos Alves Competições (Chevrolet), 220
7) Amir Nasr Racing (Ford), 216
8) Serra Motorsport (Mitsubishi), 152
9) J. Star Racing (Chevrolet), 98
10) Bassan Motorsport (Ford), 74

 

Mais informações:  brasileirodemarcas.com.br

 

Vejam as fotos:

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.

%d blogueiros gostam disto: