Semana da Mulher: mulheres na segurança e Botão Maria da Penha

10 mar, 2022

A questão da participação das mulheres na área da segurança pública foi enfatizada pelas guardas municipais de Pinhais

As mulheres desempenham diferentes e fundamentais papéis em nossa sociedade. A mulher tem a capacidade de ser multitarefas, algumas são mães, donas de casa e ainda se dedicam às diversas funções no mercado de trabalho. No âmbito profissional demonstram também competência, liderança e força. Cada vez mais ocupam espaços, inclusive os que historicamente têm predominância masculina, ainda que haja muito para se conquistar.

E em Pinhais, elas têm um papel relevante em uma área extremamente importante para a cidade, a segurança pública. O efetivo da Guarda Municipal de Pinhais (GM) é composto por 20 mulheres.

A questão da participação das mulheres na área da segurança pública é enfatizada pela guarda municipal Evelyn Helena da Silva. Há 11 anos na GM de Pinhais, ela vê que este é um exemplo que comprova que as mulheres estão ocupando espaços antes predominados por homens, e principalmente, ganhando o merecido reconhecimento. “Há algum tempo as mulheres têm aparecido mais em profissões antes dominadas pelos homens. Hoje em dia com as mudanças que ocorreram no mundo e esta nova mentalidade, essa questão está se transformando, afinal, a mulher vem se sobressaindo em várias profissões. A gente tem um bom contato com a comunidade, sentimos a admiração das pessoas, das mulheres, crianças e homens, quando veem que o guarda municipal é uma mulher, inclusive há pessoas que pedem para serem atendidas e conversar com uma das nossas guardas”, contou ela.

A segurança pública é uma área que exige firmeza, e elas também dão um toque de sensibilidade. A guarda municipal Paula Fernanda Barbosa diz que além das mulheres aumentarem a presença nas forças policiais estão agregando ao trabalho devido aos seus conhecimentos, dedicação, a forma de se comunicar e a tratativa com o público. E além de falar um pouco sobre a profissão, a guarda faz questão de transmitir uma mensagem às homenageadas do dia. “As mulheres podem fazer e ser tudo o que elas quiserem. Pode ser uma policial, uma médica, enfim, ela pode ser o que quiser. Basta ter força de vontade, correr atrás dos seus objetivos, investir em sua carreira profissional e progredir, buscando seguir o caminho dos seus sonhos”, afirmou Paula.

O Dia Internacional das Mulheres é um momento para prestar homenagens, mas principalmente para reforçar a importância da defesa das pautas em defesa dos direitos da mulher, e no que se refere ao trabalho da Guarda Municipal, também ao combate à violência feminina. Infelizmente muitos casos ocorrem, envolvendo o machismo e atos violentos, homens que desrespeitam medidas protetivas e a Lei Maria da Penha, cometendo diferentes tipos de violência. Por isso, independente da forma de violência, seja ela física, emocional, patrimonial, psicológica ou sexual, denunciar o agressor é necessário e pode salvar uma vida. E a denúncia pode vir da vítima ou de pessoas próximas que tenham conhecimento das agressões.

Botão Maria da Penha

Para reforçar esse trabalho, em Pinhais, foi desenvolvido pela Guarda Municipal o Botão Maria da Penha, disponibilizado no aplicativo 153 Cidadão que atende exclusivamente situações de violência de mulheres que possuem medida protetiva. Com a opção, é possível fazer denúncias e solicitar viaturas.

O aplicativo permite que o cidadão solicite atendimento, acesse o chat, oferece telefones úteis do município, entre outras opções. O app é de graça e pode ser baixado pelas plataformas do Play Store e App Store.

<a href="https://maispinhais.com.br/author/maispinhais/" target="_self">maispinhais</a>

maispinhais

O Portal mais Pinhais foi criado em 2009 com o intuído de informar, mas fugindo da imprensa tradicional local, que visa muito as notícias negativas. O Mais Pinhais tem como “lei” não vincular nada de negativo.

0 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: